Como fazer bolinho de chuva

O bolinho de chuva já tem cara de férias na casa da vovó! É por isso que, para muitos de nós, a receita lembra o gostinho de infância, época em que nos esbaldávamos de tanto comer no fim da tarde de um domingo chuvoso, no doce e aconchegante lar dos nossos velhinhos, apreciando um delicioso café bem passado!

Muita gente não sabe, mas o bolinho de chuva ganhou esse nome por ser uma receita muito mais fácil de preparar em dias mais chuvosos, por conta da sua textura. No entanto, com os ingredientes que temos disponíveis hoje na culinária mundial e com alguns truques simples, é possível fazer um bolinho de chuva delicioso em qualquer período do ano, faça chuva ou faça sol.

O quitute cai super bem em qualquer ocasião, seja para levar para o lanche da tarde no trabalho ou saborear no fim de semana com a toda a criançada. Além de poder levar diferentes recheios, existe um truque para deixar a massa crocante e sequinha, tal como faz a vovó: cuidar da temperatura do óleo.

Quer saber como fazer bolinho de chuva? Então, anote aí as nossas receitas e dicas e corra já para a cozinha para preparar o seu e surpreender a família e as crianças!

Bolinho de chuva tradicional

Ingredientes:

  • 2 ovos;
  • 1 xícara (chá) de leite;
  • 1 xícara de açúcar;
  • 2 e ½ xícaras de farinha de trigo;
  • 3 colheres (sopa) de açúcar para polvilhar;
  • 1 colher (chá) de fermento em pó;
  • 1 litro de óleo para fritar;
  • 1 colher (sopa) de canela para polvilhar.

Como fazer:

Para fazer o seu bolinho de chuva, coloque todos os ingredientes em um recipiente e misture bem até obter uma massa homogênea e cremosa. Em seguida, despeje bastante óleo em uma panela e leve-a para aquecer em fogo médio, a uma temperatura de 180 °C. Essa quantidade de óleo é ideal para que os bolinhos possam boiar após a fritura.

Quando o óleo estiver bem quente, comece a colocar os bolinhos um a um com para fritar na panela. Espere até que eles fritem e dourem por completo. Quando atingirem esse ponto, retire os bolinhos e coloque-os sobre papel absorvente para escorrer o excesso de gordura.

Por último, passe cada um deles no açúcar com canela. Pronto! Pode servir à vontade.

Bolinho de chuva de banana

Ingredientes:

  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo;
  • 4 ou 5 colheres (sopa) de açúcar;
  • 3 ovos (inteiros);
  • 1 pitada de sal;
  • ½ xícara de leite;
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó;
  • 2 bananas picadas em cubinhos.

Como fazer:

Primeiro, bata os ovos em uma tigela e acrescente o leite, o açúcar e o sal, misturando bem. Em seguida, adicione também a farinha de trigo e o fermento, mexendo novamente até que eles incorporem aos demais ingredientes.

Junte as bananas picadas. Agora, comece a enrolar os bolinhos até ficarem bem redondos e do tamanho que deseja. Depois de terminar toda a massa, leve-os para fritar em fogo baixo.

Ao retirar os bolinhos da panela, passe-os em uma mistura de açúcar com canela. Prontinho! Pode servir à vontade.

Bolinho de chuva de chocolate

Ingredientes:

  • 1 xícara de farinha de trigo;
  • 2 colheres de açúcar;
  • 2 colheres de canela em pó;
  • Óleo;
  • 1 colher de fermento em pó;
  • 1 ovo;
  • 6 colheres de leite (90 ml);
  • ½ xícara de achocolatado;

Como fazer:

Coloque todos os ingredientes em uma tigela e misture bem até atingir o ponto de liga, que é ideal para enrolar os bolinhos. Modele todos os bolinhos no tamanho que preferir e, em seguida, leve-os para fritar em uma panela com bastante óleo, já aquecido em fogo baixo, até ficarem douradinhos.

É necessário que o óleo esteja em uma quantidade capaz de cobrir os bolinhos, para que fritem por igual. Depois de terminar de fritar todos os bolinhos, passe-os na mistura de açúcar com canela em pó. Pronto! Pode servir à vontade!

História

O clássico bolinho de chuva que nós tanto adoramos é uma iguaria típica da cozinha brasileira, que surgiu em meados do século XVIII. Nesta época, apesar do alto preço do trigo, que era escasso e trazido ao Brasil pelos portugueses, a receita surgiu timidamente, feita com leite, ovos e açúcar apenas, pelas mãos das escravas no fogão à lenha, o suficiente para conquistar o paladar de muita gente.

A partir daí, o bolinho de chuva ganhou vários apelidos conforme foi ficando popular até ganhar o nome que conhecemos hoje, como “Mata a Fome”, “Quero Quero” e “Bolinho de Negra”, além de variados recheios, como doce de leite e cocada mole.

Foi apenas no século XX que o quitute passou a ser chamado de bolinho de chuva, como acontece atualmente, tendo o seu preparo recomendado para os dias mais chuvosos.

O reconhecimento dessa receita simples e deliciosa se deu, principalmente, por meio da obra literária “Sítio do Pica-Pau Amarelo”, do autor Monteiro Lobato, em que a personagem Tia Nastácia preparar os bolinhos de chuva para Pedrinho, a travessa boneca de pano Emília e de Narizinho.

Legal, né? Mais um motivo para você preparar e experimentar agora mesmo o bolinho de chuva, que além de delicioso, é cheio de história!

Bom apetite!

Recomendados para você:

O que você achou da receita?
recipe image
Receita de:
Como fazer bolinho de chuva
Publicado em:
Tempo de preparação
Tempo na panela
Tempo para finalizar
Nota
3.51star1star1star1stargray Based on 3 Review(s)

Leave a Reply